Notícias


10/09/2018 - Priscila Tossan, cantora revelada na atual edição do 'The Voice Brasil', já tem disco lançado no ano passado

Cantora que vem conquistando o público na sétima temporada do programa The Voice Brasil (TV Globo), a carioca Priscila Tossan provavelmente terá oportunidade de gravar disco quando acabar a competição musical, mesmo que não seja a vencedora da edição deste ano de 2018. Só que Priscila, que cantava em estações do metrô e em bares da cidade natal do Rio de Janeiro (RJ), já não é debutante no mercado fonográfico. Aos 28 anos (desmentidos pelo jeito de menina adolescente), a cantora já tem um disco no currículo. Trata-se de EP autoral, Céu azul, lançado em 2017 nas plataformas digitais, de forma independente, com as gravações de cinco músicas. Por essas gravações, viabilizadas com apoio do grupo AfroReggae, já para perceber o estilo black do canto de Priscila, entre o soul e o R&B, mas sem os maneirismos habituais de muitas cantoras destes gêneros norte-americanos. O EP inclui samba, Planos de maio, no repertório. O canto macio da intérprete flui bem na música-título Céu azul, balada homônima da canção do grupo Charlie Brown Jr. que ganhou as vozes de cantoras como Paula Toller. Eu tô aqui, Outono e Tão pouco tempo são as três músicas que completam o repertório do EP Céu azul, amostra do canto pessoal de Priscila Tossan, em que pesem os limites da produção desse disco seminal que não expõe todo o potencial exibido pela artista na atual temporada do The Voice Brasil. Fonte: https://g1.globo.com/pop-arte/musica/blog/mauro-ferreira/post/2018/09/09/priscila-tossan-cantora-revelada-na-atual-edicao-do-the-voice-brasil-ja-tem-disco-editado-no-ano-passado.ghtml



10/09/2018 - Lady Gaga insistiu para que todas as músicas do filme 'Nasce Uma Estrela' fossem cantadas ao vivo

Pode ter sido seu primeiro papel no cinema, mas Lady Gaga insistiu que todas as músicas de "Nasce Uma Estrela" fossem tocadas ao vivo, incluindo aquelas do novato músico Bradley Cooper. "Cantando ao vivo, realmente não há dúvidas", disse Cooper, que co-estrela e dirige o filme, em entrevista coletiva neste domingo (9) no Festival Internacional de Cinema de Toronto. "Quando nos conhecemos, Stefani foi muito inflexível sobre isso", disse Cooper, referindo-se a Lady Gaga por seu nome real, Stefani Germanotta. "Nasce Uma Estrela" conta a história do cantor de música country Jackson Maine (Bradley Cooper), que conhece, se envolve e se apaixona pela aspirante a estrela Ally (Lady Gaga). À medida em que Jackson lida com o vício e com um zumbido nos ouvidos e sua própria estrela diminui, a carreira de Ally decola. Além de marcar a estreia de Cooper na direção, o filme também é o primeiro a mostrar sua voz, composição e habilidades musicais. O ator de "O Lado Bom da Vida" disse ter frequentado aulas de canto e música por seis meses. "A preparação foi a coisa mais difícil", disse ele. "Começando a cantar e percebendo que eu realmente não conseguia; começar a aprender violão e piano e perceber que não podia." Lady Gaga, conhecida por hits como "Poker Face" e "Born This Way", fez sua estreia na televisão em "American Horror Story: Hotel" ganhando um Globo de Ouro em 2016. Mas assumir o papel principal em "Nasce Uma Estrela" foi um salto e tanto. Fonte:https://g1.globo.com/pop-arte/cinema/noticia/2018/09/10/lady-gaga-insistiu-para-que-todas-as-musicas-do-filme-nasce-uma-estrela-fossem-cantadas-ao-vivo.ghtml



10/09/2018 - Elton John inicia shows de 'Farewell Yellow Brick Road', que marca sua despedida de turnês

Elton John quer levar os fãs através de uma jornada cheia de memórias e lembranças ao lançar sua turnê mundial "Farewell Yellow Brick Road", que põe um ponto final à sua carreira de turnês. Começando em Allentown, Pensilvânia, na noite de sábado (8), Elton John, de 71 anos, tocou seus maiores sucessos no primeiro dos mais de 300 shows ao redor do mundo planejados para os próximos três anos. John anunciou em janeiro que queria parar de viajar para focar em sua família, dizendo que as prioridades mudaram depois de se tornar pai de duas crianças com seu marido, David Furnish. O cantor britânico compartilhou fotos e vídeos de sua carreira de 50 anos, incluindo um filme de sua falecida avó, e prestou homenagens através de fotos àqueles que o influenciaram, incluindo a falecida cantora Aretha Franklin, o líder sul-africano Nelson Mandela e o físico Stephen Hawking. "Pude testemunhar uma enorme mudança social, política e cultural. Quero que a turnê Farewell Yellow Brick Road celebre isso", disse John em um comunicado. Enquanto cantava "Crocodile Rock", imagens de fãs em trajes inspirados em Elton John foram exibidas em telas grandes e, durante "Candle in the Wind", foi exibido um curta-metragem sobre a última sessão de fotos de Marilyn Monroe. John fechou o show com "Goodbye Yellow Brick Road", vestido com traje que foi visto na capa do álbum de 1977, com o mesmo nome, enquanto mostrava um vídeo caseiro com momentos de sua vida. Fonte:https://g1.globo.com/pop-arte/musica/noticia/2018/09/10/elton-john-inicia-shows-de-farewell-yellow-brick-road-que-marca-sua-despedida-de-turnes.ghtml



10/09/2018 - 'A freira' tem maior bilheteria de estreia de toda a franquia 'Invocação do mal'

O filme de terror "A freira", derivado do universo de "Invocação do mal", teve um fim de semana de estreia acima das expectativas - que já eram altas. Ele ficou no topo da bilheteria norte-americana. A mais recente produção da franquia arrecadou US$ 53,5 milhões em 3.876 salas de cinema no chamado mercado doméstico (Estados Unidos e Canadá). É a melhor estreia de um filme da série, superando o primeiro "Invocação do mal" (2013), que obteve US$ 41,8 milhões no fim de semana de estreia. É também a segunda melhor estreia para um mês de setembro, atrás apenas de "It: A coisa", de 2017. Fora da América do Norte, "A freira" arrecadou US$ 77,5 milhões, levando sua arrecadação global a US$ 131 milhões. Fonte: https://g1.globo.com/pop-arte/cinema/noticia/2018/09/10/a-freira-tem-maior-bilheteria-de-estreia-de-toda-a-franquia-invocacao-do-mal.ghtml



01/11/2017 - TYRESE GIBSON DIZ QUE NÃO VOLTA A FRANQUIA DE VELOZES E FURIOSOS SE THE ROCK CONTINUAR.

Em mais um capitulo do piti de Tyrese Gibson em relação ao filme derivado de Velozes e Furiosos que Dwayne “The Rock” Jonhson e Jason Statham irão estrelar, o interprete de Roman postou em seu instagram que não irá retornar para o nono filme da franquia caso The Rock também esteja no filme. “Olá, mundo… olá, fãs leais e amados de nosso universo veloz… eu sinto muito em anunciar que, se Dewayne (sic) estiver em Velozes 9, não haverá mais Roman Pierce.” Desde que a Universal anunciou que o nono filme da franquia Velozes e Furiosos será lançado apenas em 2020, com a data de 2019 ficando reservada para o derivado estrelado por Dwayne “The Rock” Johnson e Jason Statham, Tyrese Gibson passou a atacar os dois colegas pelas redes sociais, acusando Johnson de estar destruindo a “Família”. Chris Morgan, roteirista da franquia Velozes e Furiosos desde Desafio em Tóquio, será também responsável pelo novo filme derivado, que ainda não tem título definido e nem diretor. É provável que a personagem de Charlize Theron também retorne. O mais recente capítulo da franquia, Velozes e Furiosos 8, fez mais de US$ 1 bilhão nas bilheterias, Velozes e Furiosos 8, com direção de F. Gary Gray, tem no elenco Vin Diesel (Dominic Toretto), Charlize The,ron (Cypher), Dwayne “The Rock” Johnson (Luke Hobbs), Jason Statham (Deckard Shaw), Michelle Rodrigez (Letty Ortiz), Nathalie Emmanuel (Ramsay), Tyrese Gibson (Roman Pearce), Ludacris (Tej Parker), Kurt Russell (Mr. Nobody), Scott Eastwood, Helen Mirren, Kristofer Hivju. Fonte:http://www.heroisdateve.com.br/velozes-e-furiosos-tyrese-gibson-diz-que-nao-volta-franquia-se-the-rock-continuar/